América Latina é foco da Meta para desenvolvimento do metaverso

blog-edmkt-0012
Fonte: Laura Martins | 23 de Maio de 2022 às 16h05

Empresa anunciou projetos com startups e avatares 3D para o Brasil

Se o metaverso fosse adotado hoje e progredisse de forma semelhante à tecnologia móvel na América Latina, poderia contribuir com uma participação de 5% do PIB, ou US$ 320 bilhões, em 2031, de acordo com a Analysis Group. Olhando para essa oportunidade, a Meta realizou o Meta Summit Latam.

“Ficamos surpresos ao ver que mais de 100 milhões de pessoas na América Latina estão usando efeitos de Realidade Aumentada (Augmented Reality, ou AR) todos os meses, o que é um reflexo da vibrante comunidade de criadores que existe na América Latina, com milhares deles usando Spark AR para desenvolver efeitos para Instagram e Facebook”, comentou Vishal Shah, vice-presidente de metaverso da Meta.

Leia também: Meta anuncia parcerias com organizações brasileiras para o metaverso

Ime Archibong, vice-presidente de diversidade da empresa, complementou com algumas das ações para fomentar a inovação na região. De acordo com ela, nos últimos seis anos, foram contratadas 380 pessoas de tecnologia na América Latina e, pela primeira vez, a Meta está recrutando Phds para o desenvolvimento.

Foco em startups

Entre os destaques apresentados pela empresa a Experimentação de Novos Produtos da Meta, ou NPE, que reúne um grupo de empreendedores da Meta dedicados a testar novas experiências independentes, que está convidando startups do tipo Seed em toda a América Latina a se inscreverem para obter capital em seu braço de investimentos, o NPE Ignite.

O grupo é construído com e para comunidades historicamente sub representadas ou negligenciadas, experimentando novas tecnologias para que elas um dia possam ser amplamente usadas no mundo. Além de criar produtos novos e independentes para essas comunidades, a NPE quer apoiar o ecossistema global tentando fazer o mesmo, investindo em startups em estágio inicial que compartilham sua missão.

“O verdadeiro impacto da tecnologia na sociedade tem muito mais a ver com as pessoas que a moldam do que com a própria tecnologia. É por isso que é tão importante que as pessoas que constroem o metaverso representem as pessoas que o usarão”, explica Ime.

Para ajudar a impulsionar a aceleração de talentos e a profissionalização da comunidade de Realidade Aumentada na região, a Meta está trabalhando com a Organização dos Estados Americanos (OEA) para oferecer treinamento profissional e desenvolvimento de habilidades para estudantes, criadores e proprietários de pequenas empresas por meio de cursos gratuitos de RA online em português e espanhol.

Os cursos são divididos em três níveis de especialização para apoiar criadores emergentes e estabelecidos. Os dois primeiros, o treinamento para iniciantes “Spark AR Quickstart” e o “Spark AR Fundamentals” de nível médio, já estão disponíveis, e o módulo avançado “Spark AR Pro Course” será lançado em 30 de setembro, junto com o Certified Spark AR Programa Creator, que permitirá que criadores de toda a região solicitem um certificado.

Avatares 3D no Brasil

A segunda novidade da Meta são os Avatares 3D para Argentina, Brasil e Colômbia, tornando o recurso disponível em toda a América Latina. Para a empresa, essa implantação é um passo inicial para tornar o metaverso uma realidade.

Maren Lau, vice-presidente regional para a América Latina da Meta, comentou que ainda que o metaverso possa ser uma realidade apenas em cinco ou dez anos, é essencial que as empresas estejam preparadas para esse novo momento.

“Primeiro é preciso estar na vanguarda do marketing móvel, ter estratégias e ferramentas de storytellings com formatos diferentes de vídeo e parceria com criadores para aumentar a interação com os clientes e diminuir atrito na jornada. Também é possível começar com vídeos imersivos”, exemplifica ela.

Além disso, Vishal frisou que a segurança e a privacidade são fundamentais e estão dentro de tudo que a Meta está fazendo. “Um dos motivos do porquê estamos falando de metaverso é porque é muito importante definirmos os padrões e regras muito antes da tecnologia chegar no público mais amplo. Nós começamos a fazer isso hoje porque queremos ver o desenvolvimento do metaverso por todo o setor para conversarmos de maneira aberta e em parceria com outras empresas e agências reguladoras, universidades e outras instituições para ver como esse sistema deveria funcionar”.

Leia Fonte Original: itforum / Laura Martins

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Receba atualizações e aprenda com os melhores

Compartilhe com seus amigos

Deixe um Comentário

5 1 voto
Classificação
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários

OUTRAS POSTAGENS

O que há de tão bom nos “óculos de tradução” do Google?

Este é o Google Glass, mas desta vez socialmente aceitável – e pode abrir muitas…

Leia Mais

Sua empresa está pronta para o 5G?

Chegada das novas redes abre novas possibilidades de inovação, mas é preciso saber como se…

Leia Mais

Digital Influencers: Afinal, o que é ser um influenciador nas redes?

Se tem algo que consegue mostrar o quanto a ascensão das redes sociais revolucionou várias…

Leia Mais

Como restaurar arquivos deletados de qualquer dispositivo

Poucos desastres tecnológicos podem fazer você passar mal tão rapidamente, como perceber que você excluiu…

Leia Mais

Computação Quântica: Entenda a revolução que está chegando

Uma computação totalmente nova. É assim que deve ser a computação quântica. O tema tem…

Leia Mais

Como o Design da Loja Online impacta na conversão?

Se você perguntar o que é design para algum desconhecido na rua, é bem possível…

Leia Mais

5 Estratégias infalíveis para vender mais online

Especialista ensina como aumentar as vendas na internet e aproveitar ainda mais o crescimento do…

Leia Mais

10 Tendências que irão nortear as Mídias Sociais em 2017

A Kantar Ibope Media lista as principais tendências em mídias sociais que devem direcionar as…

Leia Mais

Sete previsões para a Economia Digital em 2017

Confira os principais fatores que farão com que empresas tenham maiores chances de sucesso.

Leia Mais

Boletim informativo